Unreal Tornament No Dreamcast: Gameplay E Review

por em: , ,

Lançado primeiramente para o ambiente Windows, em novembro de 1999, e depois para Playstation 2, em outubro de 2000, foi somente em março de 2001 que tivemos o Unreal Tornament no Dreamcast. O que creio, foi um pouco tarde, e não ajudou muito a dar uma sobrevida ao último console feito pela Sega.

Leia+ Rayman 2 The Great Escape Dreamcast: Review E Gameplay

A versão do Dreamcast foi baseada na do Playstation 2, e conversão ficou a cargo da Secret Level, contratada pela editora Infogrames. Podiamos jogar contra sete bots, contra sete inimigos online ou entre quatro amigos com a tela dividida. Vários recursos gráficos foram suprimidos devido a menor potencia do Dreamcast com relações as outras plataformas. As texturas de água e outras são mais simples, não há iluminação dinâmica nem superfícies reflexivas e alguns mapas foram reduzidos em geometria e tamanho.

Apesar disto, e de eu ter jogado mais a versão dos PCs, eu gostei muito de jogar Unreal Tornament no Dreamcast, mas eles poderiam ter dado um capricho a mais, como feito em Quake III Arena. Até haviam dois mapas extras, Megaplex e Periferia, exclusivos para usuários do SegaNet, mas não foi o suficiente para mascarar a falta de zelo nesta conversão, logo no Dreamcast, que teve tantas conversões perfeitas. É isso!

Unreal Tornament no Dreamcast.

Head Shot no Unreal Tornament.

Matando Archon no Unreal Tornament.

! Seja o primeiro a comentar!

Escreva O Seu Comentário!

Ficou com alguma dúvida?
Tem uma crítica construitiva ou uma sugestão maneira?
Escreva ai embaixo, mas não maltrate o português, por favor!