Stan Lee Nos Filmes, Seus Heróis E Carreira Na Marvel

por em:

Herois Marvel

Stan Lee, o mago dos HQs começou sua carreira na Timely Comics, que viria a se tornar a mega produtora Marvel Comics. Aos 17 anos de idade já era editor e entre suas principais obras estão: X-Men, o Homem-Aranha, o Quarteto Fantástico, o Incrível Hulk, o Homem de Ferro (Iron Man), além de outras de diversos gêneros como romance, velho oeste e ficção científica. Seus personagens marcaram a infância de inúmeros jovens por décadas, desde os anos 40 até os dias atuais.

Stan Lee nos quadrinhos.Diversos editores deram poderes extraordinários à seus super heróis, mas foi Lee que deu alma ao mundo dos quadrinhos. Ao contrário do que era comum na época, seus heróis, apesar de poderosos, eram humanos, tinham medo, duvidas, desejos, era preciso pagar as contas no final do mês e levavam “bota” das namoradas. Quem não sente pena de Peter-Parker que após salvar todos sempre se ferra no final? Tendo que lidar com a vida de super poderes e com a vida de um simples adolescente. Amor, ódio, tristeza, força, coragem, receio, tudo isso e muito mais faz parte do cotidiano de suas belas histórias.

Com o estrondoso sucesso de seus trabalhos tornou-se um mito adorado pelos jovens. Fica até difícil desvencilhar seu nome do nome da própria Marvel e de suas publicações. Sempre aparecendo em filmes e cartoons. Como um homem atravessando a rua com um jornal no filme do Demolidor, como um segurança saindo de um prédio em Hulk, como penetra de casamento em Quarteto Fantástico e diversas outras apresentações que ajudaram a tornar seu nome ainda mais popular. Sua melhor aparição acontece no anime Homem Aranha Clássico, onde seu herói após salvar todas as dimensões existentes faz uma visitinha a Lee (que interpreta ele mesmo como escritor) em nossa realidade (o final deste video mostra essa cena). Veja outras cenas em que ele aparece:

Homem de Ferro (2008) (Na entrada da festa)
Homem-Aranha 3 (2007)
Moebius Redux: A Life in Pictures (2007)
Quarteto Fantástico e o Surfista Prateado (2007) (Convidado barrado)
X-Men – O Confronto Final (2006)
Quarteto Fantástico (2005)
O Diário da Princesa 2 (2004)
Homem-Aranha 2 (2004) (Homem se esquivando)
Homem-Aranha: A Nova Série Animada (2003)
Demolidor – O Homem sem Medo (2003)
Hulk (2003) (Segurança )
Os Super-Heróis dos Quadrinhos (2002)
Stan Lee: Mutantes, Monstros & Quadrinhos (2002)
X-Men – O Filme (2000)
Barrados no Shopping (1995)

 

Stan Lee e homem aranha.Em 2005 ele ganhou um precesso contra a Marvel que se recusava a pagar pelos filmes baseados em suas obras já que Lee recebia uma remuneração de 1 milhão por ano. Mas seu contrato garantia, além desse salário, o pagamento de 10% sobre quaisquer lucros obtidos com filmes, TV ou animações da editora. A pena se aplica a todos todos os lucros obtidos pela empresa desde 1998 o que inclui grandes sucessos de bilheterias. O cara ta feito né não? A Marvel, que viu suas ações disparem com os lançamentos dos filmes diz que isso não terá impacto em suas finanças e processou a Sony também, devido a licenciamentos com relação a marca Spider Man.

Leia+  Mistérios Inesplicáveis – Parte 3: Antimatéria

Historiadores de quadrinhos atestam que tanto Kirby e Ditko quanto outros autores contribuiriam e muito para a criação das publicações de Lee. Surpreendentemente na década de 90 o carismático velhinho reconhece essas contribuições, dizendo ele mesmo que se considera apenas um sortudo por ter trabalhado com alguns dos mais talentosos artistas do ramo.

Uma carreira de êxitos. Em 1972 se tornou diretor editorial. Em 1977 criou a maior aventura de todos os tempos (Spider Man) que foi apresentada em mais de 500 jornais. Em 1981 mudou-se para Los Anjeles onde foi promovido a chefe da Marvel Adventures Cinematrografica. Os cabelos já não são tão pretos como antes, a barba já está branquinha e um dia ele vai bater as botas, mas tenho certeza que sua obra imorredoura viverá muito e muito tempo em várias adaptações como esta:


Minecraft Pirata

! Seja o primeiro a comentar!

Escreva O Seu Comentário!

Ficou com alguma dúvida?
Tem uma crítica construitiva ou uma sugestão maneira?
Escreva ai embaixo, mas não maltrate o português, por favor!