Ray Charles, A Biografia Dessa Lenda Do Soul Music

por em: , , , ,

Ray Charles - biografia do cantor soul

Considerado um dos melhores cantores e artista da música de todos os tempos, Ray Charles é mundialmente conhecido por causa de sua contribuição para inúmeros gêneros musicais. Com uma aptidão sem igual para a arte do som, o falecido pianista, interpretado em um filme ganhador do prêmio Oscar para melhor ator, inspirou gerações e ainda hoje influencia  o desenvolvimento musical em todo o planeta.

Autor de canções notáveis, como “Georgia On My Mind”, “Hit the Road Jack” e “I Can’t Stop Loving You”, Ray Charles não era cego de nascença como alguns podem pensar. Mesmo com a deficiência visual, foi capaz de aprender a tocar muitos instrumentos, entre os quais o que mais se destacou foi o piano, cujas interpretações em palcos são lembradas por muitos.

Conhecendo Um Pouco Sobre A História De Ray Charles Robinson

Nascido no dia 23 de setembro de 1930, Ray Charles Robinson era filho de Aretha Willians e Bailey Robison. Como foi dito, o astro da música soul não nasceu completamente cego, adquirindo essa condição totalmente aos sete anos de idade. O verdadeiro motivo que ocasionou isso ainda é desconhecido, mas a suspeita é de que um glaucoma tenha sido o responsável.

Ray Charles em uma apresentação ao vivo nos Estados Unidos

Frequentando uma escola especial para cegos e surdos, Ray Charles aprendeu a escrever músicas e tocar vários instrumentos diferentes. Enquanto ainda frequentava as aulas, sofreu uma perda familiar terrível: sua mãe faleceu e, dois anos depois, o mesmo aconteceu com seu pai.

Leia+  Como Jogar Truco Online Grátis No Site Jogatina

O Começo Da Grande Carreira De Ray Charles No Final Dos Anos 40

Órfão na adolescência, Ray Charles deu início a sua carreira tocando piano e cantando em grupos gospeis no final dos anos 40. Porém, pouco tempo depois, trocou o gênero por baladas profanas e depois partiu para o Rhythm and blues (R&B), estilo que posteriormente o consagraria e o tornaria um excelente intérprete do ritmo blues.

Filmes baseado na vida de Ray Charles interpretado por Jamie Foxx

Aproveitando o embalo do Rock and Roll, que ganhava força nos anos 50, Ray Charles lançou canções que mesclavam o R&B com o gospel, gênero com os quais já havia trabalhado. Essa iniciativa deu início ao soul music dos anos 60 e, por conta disso, o pianista acabou se tornando um astro do pop negro.

As Partes Polêmicas E As Controvérsias Na Vida De Ray Charles

Ray Charles era notoriamente conhecido como um homem mulherengo. Casou-se duas vezes e foi pai de 12 filhos com sete mulheres diferentes. Além disso, o cantor também se viu envolvido em vários escândalos com drogas, algo que chegou a atrapalhar bastante sua carreira. Mesmo assim, seu trabalho sempre foi muito apreciado na indústria musical.

O resultado da fama foi um filme, intitulado Ray, que estreou no ano de 2004 e cujo trailer oficial você confere no vídeo acima. Dirigido por Tayloer Hackford e interpretado por Jamie Foxx, a produção ganhou dois prêmios Oscar, o de melhor ator (para o próprio Jamie Foxx) e melhor som. Ray Charles morreu no dia 10 de junho de 2004 vítima de uma doença no fígado.

Leia+  Aprenda A Fazer Um Mousse De Maracujá Delicioso

As Canções Mais Memoráveis E Lembradas Do Grande Ray Charles

Dentre as suas músicas mais conhecidas, estão algumas que provavelmente muitos de nós já ouvimos pelo menos uma vez em nossas vidas. A seguir, as canções mais notáveis e lembradas pelo público, seguida do seu ano de publicação: “Georgia On My Mind” (1960), “Hit the Road Jack” (1961), “One Mint Julep” (1961), “I Can’t Stop Loving You” (1962), “You Don’t Know Me” (1962).

Acima, você confere o hit de maior sucesso comercial de Ray Charles, “I Can’t Stop Loving You”, canção que foi, inclusive, interpretada por ninguém menos que Elvis Presley. Apesar de ter parte de sua vida marcada por momentos conturbados, Ray Charles viveu longos 73 anos e deixou um legado histórico para a indústria da música, algo que é lembrado até hoje.

  • Facebbok
  • Twitter
  • Google +
  • Comentários
  • Total

! Seja o primeiro a comentar!

Escreva O Seu Comentário!

Ficou com alguma dúvida?
Tem uma crítica construitiva ou uma sugestão maneira?
Escreva ai embaixo, mas não maltrate o português, por favor!